quarta-feira, 4 de junho de 2008

CONGRESSO NACIONAL

Segundo o decreto do Congresso Nacional que altera a Lei Nº 5.194/66, que regula o exercício das prifissões de Arquiteto, Engenheiro e Engenheiro-Agrônomo. "Atribuições de arquitetos e urbanistas Art. 1º. As atividades profissionais do arquiteto e urbanista, visam à ordenação da ocupação do território, à organização dos assentamentos humanos e à preservação do meio ambiente e do patrimônio arquitetônico, paisagístico e urbanístico. Art. 2º. Incluem-se na área de atuação de arquitetos e urbanistas: I. Supervisão, coordenação, gerenciamento e orientação técnica; II. Estudo, planejamento, projeto e especificação; III. Estudo de viabilidade técnico-econômica; IV. Assistência, assessoria e consultoria; V. Direção de obra e serviço técnico; VI. Vistoria, perícia, avaliação, arbitragem, laudo e parecer técnico; VII. Desempenho de cargo e função técnica; VIII. Ensino, pesquisa e extensão universitária; IX. Análise, experimentação, ensaio, padronização, mensuração e controle de qualidade; X. Elaboração de orçamentos; XI. Execução e fiscalização de obra e serviço técnico; XII. Produção e divulgação técnica especializada. Parágrafo único. As atividades de que trata este artigo aplicam-se às seguintes áreas de atuação: I. Levantamentos topográficos e cadastrais; II. Levantamentos qualitativos e quantitativos, e diagnósticos; III. Planejamento físico e territorial e elaboração de planos diretores; IV. Elaboração de projetos, em todas as suas etapas, incluindo estudo preliminar, anteprojeto, projeto legal, projeto básico e executivo, detalhamento, memorial e especificação técnica; V. Estudos de impacto ambiental; VI. Obras, reformas, instalações, montagens, manutenção, restauração, conservação e serviços correlatos ou afins.
(...)
Registro do arquiteto e urbanista no Conselho Art. 4º. Para uso do título de arquiteto e urbanista e para o exercício das atividades profissionais privativas correspondentes é necessário o registro do profissional no Conselho Regional de Arquitetura e Urbanismo – CRA."
(...)
Demais imformações, acesse: VIVER CIDADES.
E agora um aparte de uma arquiteta algoana:
Espero que realmente seja posto em prática todas as atribuições que perante a Lei, o CRA tem que ter como por exemplo tabela de honorários....e etcssssss.... precisamos de maior acessoria, porque em alguns pontos até o IAB deixa a desejar.
Quanto a tabela à qual me referi no post anterior, a deficiência não é só mnha não!!! (UFA !!!) O responsável pelo site, Bruno Tupinanbá, disse que nem mesmo eles conseguem entender ao certo como funciona a tabela. E que estão cobrando do IAB uma resposta com relação a essas e outras questões!!!
ATENÇÃO IAB E DEMAIS ÓRGÃOS RELACIONADOS!!!!
Bjsssssssssssssss Laurinha.............

Nenhum comentário:

Postar um comentário

OI, DIZ AÍ!!!!
MUITO OBRIGADA PELO SEU COMENTÁRIO!!!